domingo, 20 de julho de 2014

O Mundo II

Voltando a ver algumas postagens minhas,e fazer algumas correções,e como tem correções,vi o pequeno mas não menos importante que os textos maiores,O Mundo,que fala sobre aquele momento,as notícias do dia,enfim,é o que poderia ser chamado de um instantâneo.Nesse post,escrevi sobre um tal "Profeta de terremotos" entre outros assuntos,alguns sérios,mas retratados de maneira,digamos,leve.
Hoje volto a escrever sobre o mundo,seria O Mundo II a revanche,desculpe pelo revanche,é apenas uma brincadeira com a continuação de filmes,e que nos deixa sempre a perguntar,será que será melhor que o primeiro ? e depois,será que será melhor que o segundo ? e assim sucessivamente.
Em O Mundo II despretensiosamente recorro ao mesmo modelo do primeiro texto,com uma pequena diferença,sem ter mais o "Profeta dos Terremotos"  os assuntos atuais,se não são nada engraçados,muito menos merecem ser tratados como engaçados,isso me deixa um tanto acuado.pois escrevo sobre os assuntos sempre desejando que eles sejam agradáveis ao leitor,mas convenhamos,escrever sobre assuntos relevantes da atualidade e torná-los agradáveis é um esforço considerável.
Assuntos como a famigerada guerra,se é que se pode chamar assim,a forma com que Israel lida com a questão da Palestina,e o que dizer do Hamas,jogando foguetes que não são,mas podem ser considerados seixos diante do poderio militar de Israel,e que ao responder ao fogo,produz imagens e estragos que nos faz pensar se o Hamas quer se vingar de Israel ou quer terminar de destruir a Palestina.
Se formos analisar a maneira do Hamas agir e as respostas Israelenses à essas ações,podemos chegar a conclusão que a Palestina,ao eleger o Hamas fez exatamente o que Israel queria,que era ter um bom motivo para investir militarmente contra eles,o que nos leva a outra conclusão,a de que a eleição do Hamas foi o maior tiro no pé de que se tem noticia. Isso no Oriente Médio.
Na Ásia o retrato é,se não tão frequente e demorado quanto o conflito Israel x Palestina,não deixa de ser tão horroroso,como essas postagens são datadas,fica fácil compreender que o horror a que me refiro é o assassinato de 298 civis,que ao contrário dos que dispararam um míssil contra a aeronave em que eles viajavam,trabalhavam para salvar o maior número possível de vidas ,contribuindo com pesquisas fundamentais para a melhoria da condição de vida das pessoas,sem se importar se essas pessoas estivessem fazendo guerra ou paz,ironia.
Estavam no avião outras pessoas que não só cientistas,outros inocentes,inclusive crianças.
Agora,vamos parar para pensar sobre quem são aqueles que,provavelmente,são os autores do disparo que vitimou tantos inocentes,e deu um golpe covarde na pesquisa contra a SIDA|AIDS.
Vemos a imprensa internacional referir-se a eles como rebeldes pró-Rússia,não sei se eles auto- denominaram-se assim,ou é uma conclusão de analistas da região,de qualquer forma,vejamos o que significa isso,o que é um rebelde pró-Russia ? uma alternativa é:São militares ou ex-militares e voluntários,que lutam contra a Ucrânia para retomar ou tomar território e entregar à Rússia.Se essa alternativa estiver correta,eles são soldados russos.Uma segunda alternativa : São militares ou ex-militares e voluntários que lutam contra a Ucrânia para formar um território independente.Se essa alternativa estiver correta,por que se dizem pró-Russia ? É óbvio que é para receber apoio da Russia e, a Russia teria ou terá,se não soberania nesse recém criado novo território,mas exercerá uma forte influência,já que eles estão tomando território da Ucrânia sob a égide da bandeira Russa,dessa forma também são soldados russos.
Poderia me estender mais,mas vou ficar apenas nessas duas alternativas.
Agora fica a pergunta ; O que faz mais sentido ? Chamar esses militares de pró-Russia ou de Rússia ? Se foram eles que dispararam o foguete que matou 298 civis,a quem se deve no mínimo cobrar uma explicação ? para me parafrasear em O Mundo,é óbvio demais para responder.
O Mundo não poderia deixar de lado o Brasil e,no Brasil a falta de água em São Paulo é uma meia realidade,pelo menos é assim que alguns querem que acreditemos,meia realidade,faça-me o favor.
A realidade,é que faltaram boas administrações em São Paulo,faltou governo voltado para as necessidades básicas da população,a realidade,e que agora,muitos que estão indo tomar banho em Miami ,estão podendo constatar,é que propaganda a favor de candidato ruim não enche barriga de ninguém,insisto,de ninguém,para quem não entendeu,em outras palavras,a realidade,é que governo ruim,não faz distinção de cor nem de classe social,todos,indiscriminadamente,sofrem,isso a nível municipal,estadual ou federal.
O exemplo que São Paulo esta dando é,que um Município,Estado ou País não pode e nem deve ser administrado por pessoas cujo único sentimento que nutre em relação ao povo,é rancor.
Agora,vamos esperar as atitudes que o governo de São Paulo vai tomar,para prevenir o excesso de chuva que virá,não é nenhuma profecia,aliás,profetizar que chuva causa transtorno em São Paulo ...
O que imagino diante deste cenário,é que por causa da estiagem ser tão demorada,quando as chuvas vierem,e virão,pode ser que chegue em excesso,chova mais do que o esperado para um dia de chuva normal,aí...
Ainda no Brasil,a triste noticia do falecimento do escritor João Ubaldo Ribeiro(23|01|1941 - 18|07|2014) o sorriso mais inteligente do Brasil.Aliás,lembrando-me do seu sorriso,ele possuía um algo mais,era alguma coisa assim,difícil de entender,alguma coisa que eu olhava,olhava e, a muito custo chegava a conclusão : Ele sorria como se não tivesse bigode.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

O Mundo

Na Itália o "profeta dos terremotos"errou o local do tremor,mas não errou no quesito temor,muitos Romanos,pelo sim pelo não acharam melhor se distanciar de Roma.Em parte da terra,é guerra,governo contra o povo,é óbvio ou não é?um governo que guerreia contra seu povo,quem esta errado ?,o povo ou o governo?é obvio demais para responder.No Brasil a vontade de comer foi maior do que a fome,uma"dupla" que se diziam cantores atingiram o sucesso meteórico,só erraram o endereço do sucesso e foram cantar para um público restritíssimo no presídio.ps.isso é que é escolher mau o seu público.Ainda no Brasil a oposição ao governo da presidenta Dilma continua mais perdida que cego em tiroteio,atirando pra todo lado tentam acertar sem enxergar.Quem será o novo líder da oposição?essa não tem nada de óbvio,um nome ?que nome?um partido ?que partido?Os nomes mudam como os nomes dos partidos.Assim fica difícil pra oposição.Uma dica para facilitar(ou complicar de vez)a vida da oposição:Não pode dizer que não existem pobres.E agora?.Outras dicas,quem quiser fique a vontade a minha é só essa.bye

terça-feira, 15 de julho de 2014

Sobre Nelson Rodrigues

Se você encontrar uma pessoa burra,prescreva Nelson Rodrigues
Se você encontrar uma pessoa hipócrita, prescreva Nelson Rodrigues
Se algum dia você se sentir uma pessoa burra ou hipócrita
Prescreva Nelson Rodrigues para você mesmo.

sábado, 21 de junho de 2014

Pequena tira de homenagem

Quando Chico completar setenta
a nossa seleção que já é penta
estará a passos largos para outra festa
comandada por Neymar tentando trazer o hexa

Quando sob o comando do tempo
as cores formarem o branco puro
vão fazer um esforço hercúleo
para juntas iluminarem o azul a fundo



terça-feira, 4 de março de 2014

Receita de Panqueca,encontrada na net

Faz cerca de 8
125g de farinha de trigo 
Uma pitada de sal 
1 ovo mais 1 gema de ovo 
inteiro 225ml ou leite semi-desnatado 
pequena noz de manteiga
1. Peneire a farinha em uma tigela grande e adicione uma pitada de sal.Faça um buraco no centro, e despeje o ovo ea gema dentro dele.Misture o leite com 2 colheres de sopa de água e, em seguida, despeje um pouco com o ovo e bata.
2. Misture a farinha para os ingredientes líquidos, tirando-o gradualmente para o meio até que você tenha uma pasta lisa a consistência de creme de leite. Bata o restante do leite até que a massa é mais como único creme. Cubra e leve à geladeira por pelo menos meia hora.
3. Aqueça a manteiga em uma frigideira em fogo médio-alto - você só precisa de gordura suficiente apenas para untar o fundo da panela. Ele deve estar quente o suficiente para que a massa chia quando se atinge.
4. Espalhe uma pequena concha de massa em todo o fundo da panela, girando rapidamente para o revestimento. Dica qualquer excesso de distância. Quando ele começa a se definir, solte as bordas com uma espátula fina ou uma faca de paleta, e quando começa a pintar no fundo, vire-o com o mesmo instrumento e cozinhe por mais 30 segundos. (Se você está se sentindo arrogante, você também pode jogar a panqueca depois de solta-lo: segure a alça firmemente com ambas as mãos, em seguida, sacudir a panela para cima e ligeiramente para você.)

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Guerra

É preciso mais que loucura,para iniciar uma guerra,e é preciso ser mais que sensato,para por fim a ela.